Pages

quarta-feira, 31 de março de 2010

Tribo de Dana

Neste livro temos a continuação da Saga Paganus antecedida por Gênese Pagã e Triskle.

Como mencionado nos comentários dos livros anteriores a escritora Simone O. Marques abre uma série de questionamentos entre a fé, razão, única divindade, livre-arbítrio e outros fatores, além de nos apresentar uma fabulosa história de amor e aventura, lutas e perdas, alegrias e sofrimentos. Não canso de mencionar a vocês, e se o faço é por que este é um dos traços marcantes desta autora, a intensidade e complexidade dada a cada personagem. Não vemos aqui o lado bom x o lado negro da força, vemos sim, pessoas que assim como nós são possuídas e às vezes dominadas por sentimentos e emoções que nos fazem perder o controle, o chão.

Marina é seqüestrada pelos seguidores de Dana, que precisam ensinar a ela quem ela é de verdade e fazer com que ela aceite seu destino. Então Sara, Lucas e Felipe, partem em busca de locais místicos pelo Brasil onde possam encontrar a sombra de esperança de reencontrar sua filha

Temos em Lucas o herói capaz de matar a sangue frio e sem titubear, somente pela ameaça que podem proporcionar a sua família. E me pergunto se em algum momento cheguei a questionar sua atitude? Não. Na verdade, se possuísse o tanto de coragem e determinação que este personagem, faria o mesmo.

Em Felipe, um ex-padre que larga a batina após tocar uma marca pagã que surgiu misteriosamente nas costas de uma mulher na cripta da igreja de Santo Antonio, e além de suas convicções postas a prova, se vê como portador de uma profecia relacionada à mulher da marca. Esse personagem é o alívio e a diversão que quebram os grandes momentos de tensão da trama. Suas experiências pós batina são hilárias.

Sara a personagem principal é arrolada na disputa travada entre o deus cristão e a Deusa, que pretende fazer a Roda Girar e dar início a ascensão do culto a natureza. Necessito aqui mencionar que os Deuses em si são personagens onipresentes, então não temos relatos deles, só das manifestações a qual eles propuseram, e aos fanáticos pela fé cega a quem eles falam.

Combatendo “A Deusa” temos as duas mãos do senhor. Irmã Letícia, uma freira envolvida no incidente que marcou Sara, e Renata, ex-noiva de Lucas e evangélica fervorosa. Elas têm a missão divina de sacrificar Marina, filha de Sara e Lucas, o avatar da deusa Dana.

Muitos outros personagens interessantes e intrigantes te aguardam nesta fabulosa aventura!!!

E que venha logo Era de Aquário, próximo livro da série...

Para saber mais sobre suas obras acesse o site ou blog da escritora.

2 comentários:

ALINE disse...

Fiquei muito interessada nessa saga! Estou lendo o último volume de As Brumas de Avalon, obra repleta de misticismo, cristãos vs. pagãos, etc. Gosto muito deste tipo de tema.

Bjs!

Aline - escrevendoloucamente.blogspot.com

Rafael Azeredo disse...

Aline, esta saga não fica devendo em nada para a de Marion Z. Bradley, pode acreditar.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...